Cases

REC Transportes

Ao perceber que o sistema anterior não acompanharia o crescimento da REC Transportes, os irmãos e diretores Pablo e André Costa resolveram procurar um novo, que organizasse melhor os serviços. Chegaram, por indicação, à Datapar, e precisaram de muitas apresentações e argumentos para que decidissem trocar o sistema. A história mostra que não se arrependeram: há quatro anos, as melhorias são sensíveis em todas as áreas da transportadora.

Foi em abril de 2007, já com 13 anos de experiência, que a REC decidiu trocar seus vários sistemas de controle para apenas um, o Rodopar®. Mas só a apresentação feita pelos representantes da Datapar não foi suficiente para conquistar os mineiros. "Quando nos apresentaram o sistema, achamos que não precisávamos de tanta informação. Depois é que decidimos arriscar", diz o diretor André Costa. Foi preciso mostrar o funcionamento em alguns pequenos processos e muitas provas das melhorias para que os irmãos aceitassem. O receio era tanto que os diretores nem presenciaram o go-live do sistema. "Fomos para o Pantanal e ficamos dois dias pescando por lá, onde não pegava nem celular. Quando voltamos, estava tudo funcionando bem", conta o outro diretor, Pablo Costa.

Interação e Rapidez

A empresa é responsável por transportar produtos terminados, desde higiene e limpeza (para clientes como SCJ – Ceras Johnson e Bombril, por exemplo) até bebidas, como os whiskys da linha Johnnie Walker e Chivas. A eficiência do controle operacional destes transportes deve-se ao Rodopar®. "Não tem nem como comparar, o sistema antigo era praticamente uma máquina de escrever eletrônica. O Rodopar® nos ofereceu mais interatividade e dinamismo, uma gestão muito mais rápida e confiável", afirma Pablo.

A primeira mudança significativa, segundo os diretores, foi o aumento da agilidade. Enquanto antes os controles da REC eram baseados em vários pequenos sistemas de controle e algumas planilhas, o Rodopar® proporcionou integração entre os dados, acelerando os relatórios e dando mais confiabilidade às informações. "A nossa área operacional agora é muito mais dinâmica, mais rápida. O sistema nos dá uma visão geral da empresa, muito melhor que antes", explica André. A comunicação entre as onze filiais, distribuídas por cinco estados do centro-sul do Brasil, também foi facilitada com a nova parceria.

Gestão operacional e fiscal

O controle de todas as áreas da empresa, como financeiro, operações, custos, controles de frota, gestão de ocorrências, SAC e etc. é feito pelos módulos do Rodopar®. Por isso, para manter a qualidade dos serviços e o crescimento da empresa, a relação com a Datapar é fundamental. Desde a implantação, os diretores fazem questão de ter domínio completo da ferramenta: participam dos treinamentos e eles mesmos repassam as instruções aos demais funcionários.

Pablo, por fim, destaca que o sistema facilita também o cumprimento à responsabilidade fiscal da transportadora. "Os consultores são preocupados com as questões relacionadas às obrigações fiscais, e por serem especializados em logística, nos oferecem detalhes importantes que ajudam no dia-a-dia", diz. Para André, é a experiência dos consultores que faz a diferença. "O legal da Datapar é que eles dão dicas, ideias para melhorar nossa gestão. Eles realmente entendem do assunto", finaliza.